segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Estou saindo do armário...


Em anos recentes a situação tem ficado quase insuportável.
Não dá mais para ficar escondendo algo que faz parte de mim.
Pode soar politicamente incorreto e suscitar os preconceitos de alguém, mas eu preciso confessar isso publicamente.

Espero que minha família e meus amigos me entendam e me apoiem...


Então assumo: eu NÃO sou gay!
Eu sou heterossexual.
Sou heterossexual, cristã e casada.
Gosto de homem, sempre gostei.
Pronto, falei.

Nunca pensei em mulheres. Nunca achei desejável o corpo feminino.
Cresci numa família comum... Minha infância foi brincando de bonecas e casinha... E eu sempre era a esposa, a mãe...
Na adolescência, no despertar da minha sexualidade, eu fantasiava, sonhava com romances incríveis e impossíveis...Com homens! Professores, primos, amigos...
Sempre hetero...
Meu mundo é e sempre foi hetero!

Sei que posso enfrentar críticas e preconceitos numa sociedade completamente patrulhada pelo homossexualismo. Mas decidi sair do armário, e não volto atrás.

Depois que "entraram" no armário Ray Boltz, Tonéx e Jennifer Knapp, declarando sua homossexualidade, corro o risco de parecer uma puritana dentro da própria igreja, mas espero que meus irmãos crentes liberais me entendam e continuem me amando.

Amo a Jesus e pretendo servi-lo assim, com a minha "opção" sexual.

Se você chegou até aqui, no final deste post, te agradeço e peço que me entenda. Saiba que assim como eu, muitos outros heteros estão por aí, pressionados, vivendo um grande dilema, sofrendo o medo do preconceito e do rótulo.

E você meu amigo hetero e reprimido:
Se joga!
Ahaza!
Temos esse direito...

37 comentários:

  1. AMEI! TBM SOU! HETEROS DO MUNDO, UNI-VOS!

    ResponderExcluir
  2. Eu estava ficando preocupada, pensando ser a única existente no mundo, passei noites sem dormir so em busca de como poder falar a minha mãe que sou HETERO? Mas vc me abriu os olhos e estou convicta e segura em sair do armário e continuar sonhando com meu lindO PRINCIPE encantadO todo MÁSCULO vindo ao meu encontro.

    Ótimo post posso enviar o link para o ocioso?

    ResponderExcluir
  3. hahahahaha, você é fantástica, amo o jeito que teu cérebro funciona ^^

    ResponderExcluir
  4. Muito bom o post Vanessa! E realmente hoje em dia o anormal é ser normal (straight) :)

    ResponderExcluir
  5. como dizem por aí,
    se homossexualismo fosse natural
    talvez Deus tivesse criado Adão e Ivo...

    ResponderExcluir
  6. PARABÉNS, realmente parabéns!

    Passamos a te seguir, sem comentários, parabéns!

    Edinelson Lopes
    SIGA O MESTRE

    ResponderExcluir
  7. Gente, que susto......

    Eu até que suspeito de uns caras aí da internet, mas a Vanessa?

    Graças a Deus foi ironia inteligente!


    Evanildo F. Carvalho

    ResponderExcluir
  8. Caramba eu também sou hetero! E casado com a mesma mulher há 25 anos! Será normal?
    Parabéns! Estou seguindo

    ResponderExcluir
  9. Paz do Senhor,

    Parabéns, pelo seu trabalho neste blog. Que Deus em Cristo Jesus continue lhe abençoando poderosamente.

    Estou seguindo o vosso blog.

    Aproveito pra lhe convidar a visitar meu blog também. Avivamento pela Palavra é um blog voltado aos amantes da Bíblia sagrada como Verdade Absoluta e que só através Dela seremos mais crentes e mais cheios do Espirito Santo. Comente, pois seus comentários são muito importante para mim poder estar sempre em melhorias no meu blog.

    http://www.alexandrepitante.blogspot.com/

    Siga-nos também.

    Fica com Deus.
    Abraço em Cristo, Alexandre Pitante.

    ResponderExcluir
  10. Ops! A fila de comentários é grande... rsrs

    Acho q os amados acima já disseram tudo sobre o post. Da minha parte, resta-me apenas confirmar.

    Observei outros posts e gostei.

    Pela ortodoxia.

    Em Cristo,

    Elian Soares
    www.evangelismoelouvor.com

    ResponderExcluir
  11. mandou bem!!!!
    adorei seu blog vou segui-lo

    ResponderExcluir
  12. Estou preste a completar um ano de casado e amo a minha esposa, que está grávida de 6 meses.

    Sou totalmente hetero!

    E agora? O que faço? Isso é normal?


    Brincadeiras à parte, excelente post! Parabéns.



    @gustavogui

    ResponderExcluir
  13. Minha irmã Vanessa. Que Blog abençoado!! Sua postagem sobre o armário excelente!! Deus te abençoe querida!! Sou seguidora do seu blog. Se desejar seguir o meu será uma honra. www.michelineblogs.blogspot.com

    Paz!!

    ResponderExcluir
  14. Tá aí... um dos melhores textos que li neste mês (para nao dizer neste ano).

    ResponderExcluir
  15. hahahahahhahh, AMEEEI VANESSA! Incríveel!

    ResponderExcluir
  16. O post me lembrou um texto da Bíblia...
    "O fariseu, estando em pé, orava consigo desta maneira: Ó Deus, graças te dou porque não sou como os demais homens, roubadores, injustos e adúlteros; nem ainda como este publicano. Jejuo duas vezes na semana, e dou os dízimos de tudo quanto possuo." Lucas 9:11-12

    ResponderExcluir
  17. Fariseu em público declarando orgulhosamente alguma coisa tá mais pra "Orgulho LGBT", "Gay Pride" ou qq outra movimento de "orgulho baitolístico".

    É engraçado o patrulhamento: declarar-se gay é virtude, eu me declarar hétero é farisaísmo...

    Frescura, viu! ops...

    ResponderExcluir
  18. Nenhum cristão sincero declararia ser virtude algo que a Bíblia condena. Mas é triste ver seu texto ser aplaudido quando o nosso enfoque deveria ser salvar os que estão perdidos dentro e fora da igreja.
    Ao invés de gabar-se do que não é mais que a obra do Espírito Santo na tua vida, irmã, pois nada de bom pode vir de um coração pecador, use sua vida para fazer a obra que Deus lhe incumbiu. De certo não foi caçoar dos que estão caídos.

    E cuidado com suas palavras. Seu linguajar não lembra em nada o que o mundo espera de uma cristã modesta, ainda mais da esposa do pastor.

    ResponderExcluir
  19. Anônimo,
    e o seu comentário-opinião, salvou alguém?
    No mínimo foi tão inútil qto o meu texto na falta de "enfoque em salvar".

    E sobre a linguagem: qual é a linguagem apropriada para uma modesta esposa de pastor?
    Quem decidiu isso?
    Quem redigiu o documento e onde eu tenho q assinar?

    Mais frescura...
    Agora de crente (suponho).

    Esse aí andaria a léguas de João Batista, e daria xilique-de-crente ao ver Paulo resistir a Pedro "na face", e ao ver Elias no Carmelo zombando dos profetas de Baal sem modéstia-de-fresco e sem linguagem de crente-emo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não me salvou, mas ele sim me pareceu ser crente.

      Excluir
    2. "Deus não aceita a aparência do homem" Gl 2:6

      Todos os legalistas inimigos do evangelho que foram combatidos duramente por Paulo "pareciam" crentes, mas eram "dissimulados" (Gl 2:11 e 13).

      Mas vc os aplaudiria e criticaria Paulo por ser irônico e duro no discurso.

      Eu fico com Paulo e com a Bíblia.

      Excluir
    3. Pergunta: "E sobre a linguagem: qual é a linguagem apropriada para uma modesta esposa de pastor?"

      Resposta: "... quanto as mulheres é necessário que sejam elas respeitáveis, não MALDIZENTES..." 1 Tim 3:11.

      Se esta é a premissa para esposa de um diácono, não seria menos para a de um pastor.
      Caso precise de auxílio para a definição "MALDIZENTE", poderá encontrar no dicionário, Melhoramentos, Houaiss ou nos links http://pt.wiktionary.org/wiki/ ou http://www.dicio.com.br, entre outros.
      Certamente ajudará na compreensão do texto.

      Excluir
    4. Desculpa Anonimo, hermenêutica bíblica NÃO se faz com dicionários escolares de português, mas com um bom dicionário de grego bíblico e uma concordância.

      A palavra "maldizente" ali é "diabolos" significa "caluniador", "falso acusador". Confira pelo menos em outras versões antes, evita equívocos.

      Não caluniei ninguém no post e nem nos coments, portanto tente outra vez.

      Excluir
  20. É sério isso?

    Eu realmente não posso me declarar hétero sem causar essas reações?

    ResponderExcluir
  21. Eles não entenderam o tom irônico-protestador do texto.

    Fica em paz, Vanessa.

    Evanildo F. Carvalho

    ResponderExcluir
  22. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  23. De acordo Evanildo.

    Realmente tem que ser muito inteligente para entender uma ironia tão rica e dissimulada como essa obra cheia de erudição da Vanessa.
    Absolutamente maestral... uma ironia tão suave e distinta como a de Voltaire em O Ingenuo.
    Confesso que fiz laborioso esforço para entender o sentido que ela quis dar ao post. Tal qual se faz para a narrativa retrocedente do sonhador, no conto Noites Brancas de Fiódor Dostoiévski.
    Os assuntos do blog, o perfil dela, em nada nos ajudam para antever e, posteriormente, identificar que sentido ela quis dar ao texto. Não mesmo!
    Vanessa... dedinhos voláteis. Pensamento leve como o ar. Aliás... o ar não é um meio de propagação do som? E o som (tenho a impressão) nos traz o eco das vozes do passado.
    Esse post. Ah! Me faz pensar em muitas coisas. Muitas mesmo... Minha mente vai longe.
    Eu quero escrever a epopeia cristã sobre a conduta sexual dos incircuncisos (de coração, é claro!).
    Vai ter como título O Cristão Matheus 7:5.
    Penso em usar esse post como prologo!
    Com a concessão de Vanessa Meira, é claro (não seria tão descortês).

    Att;
    Diego "Sou do bem...".

    ResponderExcluir
  24. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  25. Cara Vanessa, Shalom! Só muito recentemente fui apresentado ao seu blog. Desculpe-me o atraso. Corri meus olhos pelos excelentes textos e acabei por desembocar nesse aqui. Você ganhou minha atenção e um sorriso bem aberto. Sua "sacada" é boa demais! É daquelas coisas à respeito das quais você lê ou vê, e diz logo em seguida: "Putz... É isso mesmo! Óbvio! Mas como é que eu não pensei nisso antes?" Em paralelo, devo dizer que o Brasil cristão seria melhor com esposas de pastores como você. Grato, Wesley

    ResponderExcluir